PAU D'ARCO ROXO - Eu sou a manifestação da força feminina criadora que me derramo sobre os filhos da Terra. Transmutadora. É a abundancia de bençãos que podem ser captadas dos altos níveis e trazidas ao plano físico através dos atributos do feminino, da mãe criadora, nutriz e protetora de todos seus filhos. Regenera e transmuta registros de traumas profundos, trazendo uma vitalidade luminosa na aura.
FLORAIS DA AMAZÔNIA
Product ID: 443
Product SKU: 443
New In stock />
Pau D'arco Roxo - 10 ml

Pau D'arco Roxo - 10 ml

Marca: FLORAIS DA AMAZÔNIA

 
Simulador de Frete
- Calcular frete

PAU D'ARCO ROXO (Tabebuia avellanedae)

Do alto da Mãe Floresta, derramo sobre a Terra meu olhar compassivo e em meu coração abraço todos os seus filhos com amor. Quando me expresso na flor e o brilho do sol ilumina minha cor violeta, toda a selva recebe minha irradiação e me reverencia.

Meu grande clarão de luz violeta povoa a mata virgem em diversos pontos do plano elevado. Aonde me situo, é na intercessão entre os níveis cósmico e planetário. Aí exerço minha nobre missão de mensageira. Elevo dos filhos da Terra as preces e o clamor, e os comunico aos ouvidos do universo.

Do infinito intemporal me abasteço de respostas e as oferto aos filhos da terra sob forma de grande liberdade, compreensão superior e expansão de nobres sentimentos. A visão de minha majestosa beleza é simultâneamente forte e muito delicada. Ela penetra campos profundos da alma e ali libera sua energia transformadora.

Da minha ação decorre paz, confiança e trasmutação em amplo espectro. Eu sou um novo ponto de partida, a alvorada de um novo amanhecer. Sou capaz de nutrir a vossa fé até que ela possa gerar os frutos da prece coroada. E mais vos posso dar. A gratidão e o reconhecimento em substituição do lamento e da dor. Da vossa fé brotará o vosso ser renascido e a Grande Mãe em mim manifesta vos cobrirá de bençãos e as vossas chagas se transformarão em ensinamentos e dons.

Eu sou a manifestação da força feminina criadora que me derramo sobre os filhos da Terra.

Orixá – Nanã
Classificação – Mata Virgem – Grande Árvore
Modo de ser na Natureza – Árvore de grande porte sua galhada expande-se soberana sobre as copas mais altas da floresta. Sua abundante florada roxa destaca-se de longe e ao cair formam lindo tapete de flores na floresta.
Ponto de força – 7º chacra – corpo mental superior
Atuação da Essência – Transmutadora. É a abundancia de bençãos que podem ser captadas dos altos níveis e trazidas ao plano físico através dos atributos do feminino, da mãe criadora, nutriz e protetora de todos seus filhos. Regenera e transmuta registros de traumas profundos, trazendo uma vitalidade luminosa na aura.
Uso fitoterápico – Cicatrizante, regeneradora, conhecida na cura de doenças do estômago, úlceras e gastrites, doenças degenerativas. Existe a lenda da aparição de Nossa Senhora em seu tronco, o que faz dela uma árvore venerada pelo povo da floresta., como capaz de curar qualquer mal do corpo e da alma.

 

Essência Estoque • Contém Álcool

 

 PREPARAÇÃO E UTILIZAÇÃO DAS ESSÊNCIAS FLORAIS DA AMAZÔNIA 

Em frasco de vidro âmbar de 30 ml com conta-gotas e esterilizados adicione de 10 a 30% de conservante (brandy, vinagre de maçã, glicerina), adicione de 2 a 4 gotas de cada essência estoque floral escolhida, no caso de fórmulas estoques pode-se usar de 5 a 7 gotas, e completar com água mineral. Para crianças, animais ou pessoas com restrições ao uso de álcool pode-se preparar floral somente com água mineral e conservar na geladeira, sempre observando se o líquido esta límpido, sem resíduos ou bolor, caso contrário deve-se suspender o uso e preparar um outro frasco.

Deste frasco preparado a posologia para adultos é de 4 a 6 gotas (sublinguais) 4 vezes ao dia, em qualquer horário.

 

 SOBRE OS FLORAIS DA AMAZÔNIA 

As essências florais são um recurso terapêutico de natureza sutil, capazes de nutrir e estimular os processos internos do ser humano nos planos psicológico e emocional, traduzindo-se em agentes equilibradores da saúde humana. Elas possuem uma ação purificadora e desbloqueadora, que impulsiona a superação dos processos patológicos, através da ativação dos padrões naturais de saúde. Elas não possuem princípio ativo bioquímico e, portanto, não tem efeitos colaterais.

Os Florais da Amazônia, em sua filosofia e métodos de produção, seguem os procedimentos ditados pelo Dr. Edward Bach, que no início do século 20, foi o precursor da terapia floral em todo o mundo.

De que tratam? Atuam na superação de desequilíbrios de ordem emocional, psicológica e psicossomáticas dentro da purificação e harmonização do ser humano. Eles não focalizam doenças e padrões de desequilíbrio.

Sua ação terapêutica ocorre através da interação dos campos de consciência do reino vegetal, com o reino humano, podendo também ser utilizadas no cuidado com animais e na recuperação de ambientes. Elas vão atuar mediante a ativação de frequências que contém o registro dos padrões de saúde originais de cada indivíduo e que se encontram adormecidas ou foram suprimidas gerando desequilíbrios e adoecimento. Estar frequências, quando ativadas, proporcionam um despertar de consciência que vai se manifestar nos diversos níveis da saúde humana, ajustando o autocuidado e a relação harmoniosa entre os campos energéticos mais densos e os mais sutis. Elas também representam uma nutrição dos aspectos subjetivos, pois contribuem para o desabrochar das potencialidades e proporcionam progressos no caminho do autoconhecimento.

Como são feitos?

Os Florais da Amazônia foram estudados pelas pesquisadoras Maria Alice Campos Freire e Isabel Faccini Barsé, no interior da Floresta Amazônica, na Vila do Céu do Mapiá, na Floresta Nacional do Purus, desde o ano 1994.

Suas matrizes são produzidas no Centro Medicina da Floresta, organização não governamental, situada na mesma comunidade, e que desde 1997, se dedica ao resgate do conhecimento tradicional sobre as plantas amazônicas, sua aplicação prática, produção e distribuição dentro da própria Amazônia.

Sua matéria prima são somente flores e água. As flores são coletadas segundo critérios específicos de horários e respeitando as fases da lua, em três diferentes ecossistemas > a floresta primária (Mata Virgem), a floresta secundária (Capoeira) e as regiões de cultivo (Cultivadas). O método de extração é a solarização, no qual os raios solares ativam a liberação da freqüência das flores, que fica registrada na água. Após extraídas as essências, é adicionado o conservante (álcool vegetal), e são estocadas as matrizes. A partir da diluição das matrizes, são produzidas as essências estoque, que são distribuídas a terapeutas e farmácias, através da unidade de distribuição no Instituto Flores Mãe da Amazônia, situada em Nova Friburgo/RJ.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


    Confira também